Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ministro da Imigração britânico, Brandon Lewis, em Londres 13/06/2017 REUTERS/Stefan Wermuth

(reuters_tickers)

LONDRES (Reuters) - A livre circulação de trabalhadores entre o Reino Unido e a União Europeia terminará quando os britânicos deixarem o bloco, afirmou o ministro da Imigração britânico, Brandon Lewis, nesta quinta-feira.

"A livre circulação de trabalhadores termina quando nós deixarmos a União Europeia na primavera (europeia) de 2019", disse Lewis à rádio BBC.

Lewis também disse que um novo sistema de imigração entrará em vigor a partir de março de 2019.

Em um artigo no jornal Financial Times, a ministra do Interior, Amber Rudd, acrescentou: "Uma vez que sairmos da União Europeia, esse governo aplicará suas próprias leis e requisitos de imigração, que atenderão às necessidades dos negócios do Reino Unido, mas também da sociedade em geral".

(Reportagem de William James e Cassandra Garrison)

Reuters