Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ministro do Brexit, David Davis, fala durante evento em Londres. 03/05/2017 REUTERS/Hannah McKay

(reuters_tickers)

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido não vai pagar 100 bilhões de euros para deixar a União Europeia, disse o ministro do Brexit, David Davis, nesta quarta-feira, após o jornal Financial Times informar que a UE está se preparando para cobrar esse valor dos britânicos.

Citando uma análise própria de demandas mais rígidas que disse serem impulsionadas por Alemanha e França, o jornal afirmou que 100 bilhões de euros é um número bruto.

"Nós não vamos pagar 100 bilhões de euros. O que nós temos que fazer é discutir em detalhes quais são os direitos e obrigações", disse Davis ao canal de TV britânico ITV.

Ele também disse que o governo britânico não recebeu um valor da União Europeia para a conta de saída.

O Financial Times disse que após pedidos de Estados membros, negociadores da União Europeia revisaram seus cálculos iniciais para maximizar as responsabilidades que o Reino Unido seria exigido de cobrir, incluindo pagamentos pós-Brexit de taxas de administração da União Europeia em 2019 e 2020.

(Reportagem de Estelle Shirbon)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters