Reuters internacional

Pessoas observam homenagem à vítimas de ataque na Arena de Manchester, no Reino Unido. 25/05/2017 REUTERS/Stefan Wermuth

(reuters_tickers)

LONDRES (Reuters) - O homem-bomba britânico que matou 22 pessoas durante um show em Manchester pode ter fabricado a bomba sozinho ou com a ajuda de um cúmplice, disse uma fonte com conhecimento da investigação à Reuters.

"O foco ainda é a busca por cúmplices e pela rede, mas ele pode ter feito a bomba sozinho", disse a fonte à Reuters.

A fonte disse que embora o homem-bomba possa ter tido alguma assistência, também é possível que ele tenha fabricado o explosivo sozinho. Alguns investigadores temem que um experiente fabricante de bombas esteja à solta.

A polícia disse nesta quinta-feira que realizou prisões significativas e que descobriu itens importantes na investigação do ataque suicida de Manchester.

A polícia de Manchester está mantendo oito pessoas sob custódia, e liberou uma mulher sem fazer acusações nesta quinta-feira.

Reuters

 Reuters internacional