Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente do Irã, Hassan Rouhani, durante coletiva de imprensa em Moscou, na Rússia. 28/03/2017 REUTERS/Sergei Karpukhin

(reuters_tickers)

DUBAI (Reuters) - O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse nesta segunda-feira que Teerã irá continuar com seu programa de mísseis balísticos, noticiou a televisão estatal, adotando um tom desafiador após as fortes críticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

"A nação iraniana decidiu ser poderosa. Nossos mísseis são para a paz e para a defesa... as autoridades americanas deveriam saber que, quando precisarmos testar um míssil tecnicamente, nós o faremos e não iremos esperar sua permissão", disse Rouhani em uma coletiva de imprensa transmitida ao vivo pela TV estatal.

Rouhani também criticou a Arábia Saudita, arqui-inimiga do Irã, exortando Riad a permitir que seu povo decida o destino do país através de eleições livres.

(Reportagem adicional de Bozorgmehr Sharafedin)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters