Navigation

Sanções dos EUA contra Rússia levarão relações bilaterais a beco sem saída, diz Putin

Presidente russo, Vladimir Putin, durante cúpula dos Brics em Fortaleza. 15/07/2014 REUTERS/Nacho Doce reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 00:08

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, advertiu nesta quarta-feira que as sanções impostas pelos Estados Unidos levarão as relações bilaterais com a Rússia a um beco sem saída.

Falando a repórteres em Brasília durante visita ao Brasil, Putin disse que precisa ver os detalhes das sanções para entender o alcance total.

Washington tem aumentado constantemente as sanções financeiras contra a Rússia pelo que considera ser uma interferência de Moscou na vizinha Ucrânia.

Os EUA anunciaram nesta quarta-feira as sanções mais amplas do país até agora contra a economia russa, incluindo o Gazprombank e a Rosneft Oil, além de outros grandes bancos e empresas de energia e defesa.

(Reportagem de Anthony Boadle)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.