Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos concordam com a avaliação do Reino Unido de que a Rússia é "provavelmente responsável" pelo envenenamento na Inglaterra de um agente duplo russo e sua filha, disse o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, em um comunicado divulgado nesta segunda-feira.

Tillerson acrescentou: "Nós concordamos que os responsáveis --tanto aqueles que cometeram o crime como aqueles que o ordenaram-- precisam enfrentar consequências adequadamente graves."

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse nesta segunda que é "altamente provável" que a Rússia seja responsável pelo envenenamento do ex-agente duplo russo Sergei Skripal e de sua filha em uma cidade do sul da Inglaterra por meio de um agente nervoso de uso militar.

O Estado russo ou foi diretamente responsável pelo envenenamento ou permitiu que o veneno, que pertence ao grupo de agentes nervosos conhecido como Novichok, chegasse às mãos de outros, disse May ao Parlamento britânico.

Skripal, de 66 anos, e sua filha Yulia, de 33 anos, estão internados em estado grave desde que foram encontrados inconscientes em um banco diante de um shopping da cidade.

(Reportagem de Eric Beech)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters