Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Seis pessoas, a maioria adolescentes, morrem em clube noturno na Itália

ROMA (Reuters) - Seis pessoas, incluindo cinco jovens adolescentes, foram esmagadas até a morte na madrugada deste sábado após uma debandada em um clube noturno lotado perto de Ancona, na costa adriática da Itália, disseram autoridades.

As mortes ocorreram quando uma passagem que levava para fora da boate Lanterna Azzurra, na cidade de Corinaldo, desmoronou, causando a queda de dezenas de pessoas em uma trincheira abaixo.

Três garotas, dois garotos e uma mãe que acompanhou seu filho ao evento morreram na queda. A polícia disse que os adolescentes tinham entre 14 e 16 anos, enquanto a mulher morta tinha 39 anos.

Mais de 100 outras pessoas ficaram feridas, 13 delas seriamente, disseram autoridades.

O corpo de bombeiros local disse que alguém poderia ter jogado uma substância como spray de pimenta na multidão, provocando uma corrida de pânico para as saídas de emergência.

O vice-primeiro ministro Matteo Salvini, que também é ministro do Interior, disse que as primeiras indicações sugerem que havia muito mais pessoas do que o permitido dentro do clube, onde a popular rapper italiana Sfera Ebbasta deveria se apresentar.

"As pessoas não podem morrer assim", disse Salvini em um comunicado.

"Encontraremos os responsáveis ​​por essas seis vidas destruídas, aqueles que por malícia, estupidez ou ganância transformaram uma noite de festa numa tragédia", acrescentou.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.