Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - Um homem armado que abriu fogo em um hospital de Nova York nesta sexta-feira ferindo várias pessoas está morto, disse a polícia, ao mesmo tempo em que a mídia local relator que ao menos três médicos estão entre os feridos.

Poucos detalhes de fontes oficiais estão disponíveis a respeito do tiroteio no Hospital Libanês do Bronx. O New York Times disse, citando fontes não identificados do Corpo de Bombeiros, que três médicos foram baleados, embora o estado deles fosse desconhecido.

Reuters