Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas se reúnem com flores em local onde van atropelou pedestres em Las Ramblas, Barcelona 22/08/2017 REUTERS/Albert Gea

(reuters_tickers)

MADRI (Reuters) - Um suposto membro de um grupo jihadista que conduziu o ataque com uma van em Barcelona disse a uma corte espanhola nesta terça-feira que o grupo estava planejando uma ação muito maior usando explosivos, disse uma fonte judiciária.

O depoimento foi feito na suprema corte espanhola por Mohamed Houli Chemlal, que foi preso após ter se ferido na explosão de uma casa em Alcanar, ao sudoeste de Barcelona, um dia antes do ataque com uma van na movimentada avenida de Las Ramblas, em Barcelona, que deixou 13 mortos.

(Reportagem de Adrian Croft)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters