Navigation

Tailândia inicia testes de vacina contra coronavírus em macacos

Este conteúdo foi publicado em 23. maio 2020 - 20:10

BANGKOK (Reuters) - A Tailândia começou neste sábado a testar em macacos uma vacina contra o coronavírus após testes positivos em ratos, disse o ministro da Educação, Ciência e Pesquisa e Inovação da Tailândia, Suvit Maesincee.

Ele afirmou que os pesquisadores transferiram o teste da vacina para macacos e esperam ter um "resultado mais claro" de sua eficácia até setembro.

"Este projeto é para a raça humana, não apenas para os tailandeses. O primeiro-ministro (Prayuth Chan-ocha) esboçou uma política de que devemos desenvolver uma vacina e nos juntar à força de trabalho da comunidade mundial", disse Suvit a repórteres no sábado.

A Tailândia anunciou na quarta-feira que estava desenvolvendo uma vacina - uma das pelo menos 100 possíveis vacinas em andamento em todo o mundo - e espera que ela seja produzida no próximo ano.

Suvit disse que a Tailândia começou reservando dois fabricantes para sua vacina contra o Covid-19.

Desde que surgiu na China, no final do ano passado, o novo vírus já se espalhou pelo mundo, infectando mais de 5 milhões de pessoas e matando mais de 300.000.

A vacina tailandesa está sendo desenvolvida pelo Instituto Nacional de Vacinas, pelo Departamento de Ciência Médica e pelo centro de pesquisa de vacinas da Universidade Chulalongkorn.

(Reportagem de Juarawee Kittisilpa)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.