Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Talibã diz que continuará conversas com enviado de paz dos EUA

Por Abdul Qadir Sediqi

CABUL (Reuters) - Os líderes do Talibã continuarão se reunindo com o recém-nomeado enviado especial dos Estados Unidos para os esforços de paz no Afeganistão, afirmou o Talibã neste sábado, sobre a investida que poderá acelerar o envolvimento diplomático entre as partes.

Zalmay Khalilzad, um diplomata norte-americano nascido no Afeganistão, se reuniu com líderes do Talibã no Catar na sexta-feira em um esforço para encontrar uma maneira de acabar com a guerra de 17 anos no Afeganistão.

"Ambos os lados falaram sobre o fim da ocupação e uma solução pacífica para a questão afegã ... Os dois lados concordaram em continuar a se reunir no futuro", disse Zabiullah Mujahid, porta-voz do Talibã, em um comunicado.

Khalilzad chegou a Cabul neste sábado e informou o presidente afegão, Ashraf Ghani, sobre sua visita de dez dias a quatro países, que terminou com o encontro com líderes do grupo militante islâmico.

Um alto membro do Talibã disse que Khalilzad pediu à liderança do Talibã, baseada na capital do Catar, Doha, para declarar um cessar-fogo no Afeganistão durante as próximas eleições parlamentares.

"Ambos os lados discutem as perspectivas de paz e a presença dos EUA no Afeganistão", disse outro oficial do Talibã, pedindo anonimato.

Em troca, o Talibã quer que o governo afegão libere seus combatentes de prisões em todo o país e a rápida remoção de forças estrangeiras que lutam ao lado de soldados afegãos.

Autoridades norte-americanas em Cabul não estavam imediatamente disponíveis para comentar a visita de Khalilzad.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Longform The citizens' meeting

Teaser Longform The citizens' meeting

advent calendar

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.