Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Ivan Castro
MANAGUÁ (Reuters) - O furacão Ida perdeu força e se transformou em uma tempestade tropical ao atravessar o leste da Nicarágua na quinta-feira, depois de provocar cortes de eletricidade e destelhar casas em ilhas pouco desenvolvidas no Caribe.
Centenas de pessoas foram removidas de moradias precárias em Corn Islands, perto do porto de Bluefields, à medida em que a tempestade assolava a remota costa de Miskito com chuvas torrenciais. Cerca de 2.000 pessoas foram levadas para abrigos em Corn Islands e Sandy Bay, antes da chegada do Ida.
"Estamos prevendo um grande impacto na infra-estrutura", disse o general Mario Pérez-Cassar, chefe da defesa civil da Nicarágua.
O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos alertou ainda para a possibilidade de inundações e deslizamentos de terra.
Às 13 horas no horário local (16 horas em Brasília) a velocidade dos ventos do Ida havia diminuído para cerca de 100 quilômetros por hora.
O Ida deve se enfraquecer ainda mais conforme segue em direção de Honduras. A tempestade estava quase parada a cerca de 125 quilômetros ao norte de Bluefields, informou o centro, cuja sede fica em Miami.
Mas a previsão é que volte a ganhar força depois que passar por Honduras e voltar ao mar do Caribe. A tempestade pode entrar na próxima semana no Golfo do México, região de exploração de gás e petróleo.
A previsão é que o Ida passe pela América Central e volte a se fortalecer na segunda-feira, ao largo da península mexicana de Yucatán.
(Reportagem adicional de Anthony Boadle em Washington)

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters