Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ROMA (Reuters) - Um terremoto de magnitude 4,0 atingiu a ilha italiana de Ischia, lotada de turistas, na costa de Nápoles, na noite desta segunda-feira, matando pelo menos uma pessoa e ferindo cerca de 25, além de causar a queda de edifícios, segundo autoridades.

Moradores e turistas na ilha correram para as ruas. As imagens de televisão mostraram que cerca de seis edifícios na cidade de Casamicciola e também uma igreja desmoronaram com o tremor, que ocorreu às 20h57 (15h57 no horário de Brasília).

O Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália (INGV) colocou a magnitude em 4,0, mas o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e a agência de terremoto europeia, EMSC, estimaram a magnitude em 4,3.

O representante do Departamento de Proteção Civil local Giovanni Vittozzi disse que uma mulher morreu ao ser atingida por parte de uma igreja que caiu e autoridades estavam checando relatos de outra vítima.

Helicópteros e um barco estavam levando mais equipes de resgate do continente.

Roberto Allocca, médico de um hospital local, disse à rede de TV Sky TG24 que cerca de 25 pessoas foram tratadas por ferimentos leves. A maior parte do hospital foi esvaziada e os feridos foram tratados do lado de fora.

Alguns esquadrões de proteção civil já estavam na ilha devido a incêndios.

De acordo com reportagens na TV, edifícios que desmoronaram pareciam estar habitados e cerca de 10 pessoas ainda estavam desaparecidas.

O terremoto ocorreu alguns dias antes do primeiro aniversário de um grande terremoto que matou cerca de 300 pessoas no centro da Itália, a maioria na cidade de Amatrice.

(Reportagem de Philip Pullella

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters