Navigation

Teste de vacina Covid-19 de Oxford tem 50% de chance de sucesso, diz Telegraph

Este conteúdo foi publicado em 23. maio 2020 - 23:07

(Reuters) - O teste da vacina contra o Covid-19 da Universidade de Oxford tem apenas 50% de chance de sucesso, pois o novo coronavírus parece estar desaparecendo rapidamente no Reino Unido, disse o professor colíder do desenvolvimento da vacina ao jornal Telegraph.

Adrian Hill, diretor do Jenner Institute de Oxford, que se associou à farmacêutica AstraZeneca para desenvolver a vacina, disse que um próximo estudo, envolvendo 10.000 voluntários, tinha o risco de retornar "sem resultado" devido à baixa transmissão do Covid-19 na comunidade.

"É uma corrida contra o vírus desaparecendo e contra o tempo", disse Hill ao jornal britânico. "No momento, há 50% de chance de não termos nenhum resultado".

A vacina experimental, conhecida como ChAdOx1 nCoV-19, é uma das pioneiras na corrida global para fornecer proteção contra o novo coronavírus.

A equipe de Hill iniciou os testes em humanos em estágio inicial da vacina em abril, tornando-a uma das poucas que alcançaram esse marco.

(Reportagem de Kanishka Singh em Bengaluru)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.