Reuters internacional

Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ao lado do chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, durante encontro em Washington. 02/06/2017 REUTERS/Yuri Gripas

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Os EUA manterão os esforços para reduzir as emissões causadoras de efeito estufa apesar da decisão do presidente Donald Trump de deixar o acordo do clima de Paris, disse nesta sexta-feira o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson.

"Foi uma decisão de política e penso ser importante que todos reconheçam que os Estados Unidos têm um incrível histórico sobre reduzir emissões de gases de efeito estufa", disse Tillerson a jornalistas.

"Isso foi feito sem o acordo de Paris. Não acho que vamos mudar nossos esforços para reduzir emissões no futuro tampouco, de modo que espero que as pessoas tenham isso em perspectiva."

Tillerson, ex-presidente-executivo da Exxon Mobil, tinha defendido a permanência do EUA no acordo, de modo a conservarem uma posição na mesa internacional de negociações sobre como lidar com a mudança do clima.

(Reportagem de Yeganeh Torbati)

Reuters

 Reuters internacional