Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ao lado do chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, durante encontro em Washington. 02/06/2017 REUTERS/Yuri Gripas

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Os EUA manterão os esforços para reduzir as emissões causadoras de efeito estufa apesar da decisão do presidente Donald Trump de deixar o acordo do clima de Paris, disse nesta sexta-feira o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson.

"Foi uma decisão de política e penso ser importante que todos reconheçam que os Estados Unidos têm um incrível histórico sobre reduzir emissões de gases de efeito estufa", disse Tillerson a jornalistas.

"Isso foi feito sem o acordo de Paris. Não acho que vamos mudar nossos esforços para reduzir emissões no futuro tampouco, de modo que espero que as pessoas tenham isso em perspectiva."

Tillerson, ex-presidente-executivo da Exxon Mobil, tinha defendido a permanência do EUA no acordo, de modo a conservarem uma posição na mesa internacional de negociações sobre como lidar com a mudança do clima.

(Reportagem de Yeganeh Torbati)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters