Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um touro chifrou dois homens após se separar de seu bando e os perseguiu pelas ruas de Pamplona durante a última corrida do festival de São Firmino, nesta segunda-feira. 14/07/2014 REUTERS/Eloy Alonso

(reuters_tickers)

PAMPLONA Espanha (Reuters) - Um touro chifrou dois homens após se separar de seu bando e os perseguiu pelas ruas de Pamplona durante a última corrida do festival de São Firmino, nesta segunda-feira.

Por uma semana em julho centenas de pessoas vestidas em branco com lenços vermelhos participam das corridas diárias, chamadas de “encierros", nas quais são perseguidas por touros nesta cidade espanhola de ruas estreitas, em direção a uma arena de tourada que se tornou uma atração turística mundial.

Vários homens já foram chifrados por touros durante o festival deste ano, mas a corrida desta segunda-feira, a oitava e última, foi particularmente brutal. Um dos seis touros deixou o rebanho e avançou contra vários homens, levantando vários deles do chão com os chifres e lesionando suas pernas.

Outros participantes tentaram distrair o touro e, por fim, conseguiram conduzi-lo à arena. As corridas geralmente duram de três a cinco minutos, e os touros então aparecem para uma tourada noturna, para depois serem mortos.

Quatro outras pessoas, incluindo uma mulher, ficaram feridos e foram levados a um hospital, disseram autoridades médicas.

Nove homens, entre os quais um britânico, ainda estavam internados nesta segunda-feira, recuperando-se de ferimentos na semana passada, de acordo com autoridades do sistema médico regional de Navarra. Um dos que ficaram feridos durante a corrida de Pamplona foi Bill Hillman, um norte-americano coautor do livro "Fiesta: How to Survive The Bulls of Pamplona". Ele foi chifrado na coxa e caiu.

A imprensa espanhola disse no fim de semana que a polícia de Pamplona estava procurando um homem que foi visto tirando uma foto dele mesmo com seu telefone ao ficar a poucos centímetros na frente dos touros.

Ele pode ser multado em 3.000 euros (4.100 dólares) se for considerado que colocou outros corredores em perigo.

Um jovem de 27 anos de Madri foi a última pessoa a ser morta durante a corrida com os touros de Pamplona, após ser chifrado no pescoço em 2009. Houve 14 fatalidades no último século durante a festa, a qual data do século 13.

Poucas mulheres participam da corrida.

(Por Vincent West)

Reuters