Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente da França em fim de mandato, François Hollande, e o presidente eleito, Emmanuel Macron, em cerimônia no Arco do Triunfo, em Paris. 08/05/2017 REUTERS/Francois Mori

(reuters_tickers)

(Reuters) - O presidente francês em fim de mandato, François Hollande, confirmou nesta segunda-feira que a transição de poder para o presidente eleito da França, Emmanuel Macron, será realizada em 14 de maio.

Macron foi eleito presidente no domingo, derrotando Marine Le Pen, uma nacionalista de extrema-direita que ameaçou retirar o país da União Europeia, no segundo turno da eleição presidencial.

A vitória do candidato de centro representa um alívio para aliados europeus que temiam mais um avanço de populistas na sequência da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia e da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

O ex-banqueiro de investimentos de 39 anos, que foi ministro da Economia de Hollande por dois anos, mas nunca havia ocupado um cargo eletivo, irá agora se tornar o mais jovem líder francês desde Napoleão, sob uma promessa de superar ultrapassadas divisões entre esquerda e direita.

(Por Sudip Kar-Gupta)

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters