Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BERLIM (Reuters) - Um tribunal alemão prendeu uma menina adolescente alemã-marroquina nesta quinta-feira por esfaquear um policial numa estação de trem sob ordens dos militantes do Estado Islâmico.

Safia S., cidadã de dupla nacionalidade, de 16 anos, foi condenada por tentativa de assassinato e por ser uma apoiadora do Estado Islâmico por um tribunal regional na cidade de Celle, no norte do país.

O advogado de defesa disse que iria entrar com o um recurso contra a sentença de seis anos de prisão, que ele chamou de “inquestionavelmente alta”, numa corte federal na cidade de Karlsruhe, no sudoeste do país.

O pai da menina, identificado somente como Robin S., disse a uma rede de jornais que os promotores realizaram um “julgamento show” contra a sua filha pelo fato de ela ser muçulmana.

"Se ela fosse punk, ela pegaria um máximo de dois anos”, disse o pai, segundo a rede de jornais. Ele afirmou que a menina se arrependia da suas ações e que merecia uma nova chance.

Reuters