Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LONDRES (Reuters) - Algumas tripulações da British Airways começam uma greve de duas semanas no sábado em uma disputa salarial prolongada, arriscando outros danos para a empresa e interrupções de viagem, embora a companhia aérea tenha dito que a maioria dos passageiros será capaz de voar.

Os tripulantes da "frota mista" da BA --aqueles que trabalham em voos longos e curtos-- estão em conflito com a companhia desde o ano passado sobre as ofertas salariais que o sindicato Unite descreveu como "salário de pobreza".

Embora a disputa salarial tenha sido basicamente resolvida, a Unite disse que a greve é uma resposta às sanções contra os sindicalistas envolvidos em ações anteriores.

Embora a previsão seja de impacto limitado nos voos, o movimento é outra ameaça potencial para a imagem da companhia aérea pouco mais de um mês depois de milhares de passageiros ficarem no solo por uma pane do sistema de computação.

(Reportagem de Alistair Smout)

Reuters