Navigation

Trump é retirado abruptamente de entrevista na Casa Branca após incidente com tiros no lado de fora

Trump deixa sala de entrevisras na Casa Branca 10/08/2020 REUTERS/Kevin Lamarque reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. agosto 2020 - 23:11

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi abruptamente retirado da sala de entrevistas coletivas da Casa Branca por agentes do Serviço Secreto logo depois de começar a falar com repórteres na segunda-feira, após ter ocorrido um incidente com tiros do lado de fora do local.

Minutos após o início de uma coletiva de imprensa, Trump foi retirado da sala sem nenhuma explicação. O secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, e o diretor do Escritório de Administração e Orçamento, Russ Vought, também foram retirados da sala.

Ao retornar ao local pouco depois, Trump disse que houve um incidente com tiros do lado de fora da Casa Branca e que uma pessoa que estava supostamente armada foi atingida por agentes de segurança e levada a um hospital.

(Reportagem de Jeff Mason)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.