Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - O presidente norte-americano, Donald Trump, desmentiu o anúncio de Arnold Schwarzenegger sobre sua saída do reality show de celebridades "O Aprendiz", dizendo, neste sábado, que Schwarzenegger deixou o programa involuntariamente por ter atraído pouca audiência.

Schwarzenegger anunciou, na sexta-feira, que não retornaria para uma segunda temporada do programa da NBC. Ele culpou Trump, produtor-executivo e ex-apresentador do programa, pela baixa audiência, descrevendo o envolvimento do presidente como "bagagem".

Trump vê de outra maneira.

"Arnold Schwarzenegger não está deixando 'O Aprendiz' voluntariamente, ele foi demitido por causa de suas audiências ruins (patéticas), não por minha causa", escreveu Trump, em seu Twitter pessoal. "Triste fim de um grande programa."

A discussão continuou no Twitter.

"Você deveria pensar sobre a contratação de um novo escritor de piadas e checador de fatos", disse uma mensagem de Schwarzenegger no Twitter, respondendo a Trump.

Schwarzenegger, estrela do cinema e ex-governador da Califórnia, assumiu a apresentação de "O Aprendiz", versão celebridade, ano passado.

Trump foi criticado por um potencial conflito de interesses depois de vencer a corrida presidencial, no último mês de novembro, quando disse que manteria o crédito de produtor-executivo no programa. Em pelo menos uma ocasião, Trump usou parte de uma aparição pública como presidente para discutir, com desprezo, a audiência de Schwarzenegger. 

Reuters