Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desprezou nesta terça-feira os executivos que deixaram um de seus comitês consultivos presidenciais em reação à sua resposta à violência que aconteceu no final de semana em Charlottesville, na Virgínia.

"Para cada CEO que abandona o Conselho de Manufatura, eu tenho muitos outros para assumir seu lugar. Exibidos não deveriam ter continuado. EMPREGOS!", escreveu Trump no Twitter, depois que os presidentes-executivos da Merck & Co, Under Armour e Intel Corp deixaram seu Conselho Presidencial de Manufatura.

(Reportagem de Susan Heavey e Tim Ahmann)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters