Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante evento em Washington 17/10/2017 REUTERS/Joshua Roberts

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou nesta quarta-feira a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) por não obrigar seus jogadores a ficarem de pé durante o hino nacional dos EUA antes das partidas, aprofundando sua crise com a liga esportiva mais popular do país.

Trump fez os comentários em publicações no Twitter depois que a NFL disse na terça-feira que não exigiu compromisso de seus jogadores para não ajoelharem durante o hino, em vez disso se comprometendo a trabalhar com eles em questões de justiça social.

(Reportagem de Susan Heavey)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters