Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante evento em Ohio. 04/11/2016 REUTERS/Carlo Allegri

(reuters_tickers)

(Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou nesta sexta-feira oponentes políticos, “tanto democratas quanto republicanos”, de montarem um dossiê com alegações não verificadas sobre supostas ligações do empresário com a Rússia, e disse que o documento foi provavelmente vazado por agências de inteligência.

“Fatos totalmente inventados por desonestos agentes políticos, tanto democratas quanto republicanos - NOTÍCIAS FALSAS! A Rússia diz que não existe nada”, disse Trump em uma série de publicações no Twitter. 

“Provavelmente vazados pela ‘Inteligência’, mesmo sem saber que não há provas, e nunca haverá”, disse. 

Na quarta-feira, o chefe de inteligência dos Estados Unidos, James Clapper, disse que vazamentos à imprensa do material não haviam vindo de agências de inteligência, e que a inteligência norte-americana não havia considerado a informação confiável. 

(Por Redação de Washington)

Reuters