Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Trump e a primeira-dama Melania Trump chegam ao aeroporto Leonardo Da Vinci em Roma 23/5/2017 REUTERS/Remo Casilli

(reuters_tickers)

ROMA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desembarcou na Itália nesta terça-feira antes de encontros com o papa Francisco e líderes italianos, na terceira parada de sua primeira viagem internacional desde que assumiu a Presidência.

O encontro na quarta-feira de Trump com o chefe dos 1,2 bilhão de católicos romanos do mundo acontece após o presidente e o papa discutirem à distância sobre questões incluindo imigração, mudanças climáticas e islamismo.

O Air Force One, avião presidencial norte-americano, pousou no aeroporto Leonardo da Vinci, onde Trump e sua esposa, Melania, foram cumprimentados pelo ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano. O casal foi então levado para a casa do embaixador dos EUA no coração de Roma.

Trump deve passar menos de 24 horas na Itália antes de voar para Bruxelas para conversas com chefes da União Europeia e Otan. Ele irá voltar à Itália na quinta-feira para uma cúpula na Sicília do Grupo dos Sete (G7) países mais industrializados.

O presidente norte-americano deu início à sua turnê pelo Oriente Médio e Europa no sábado na Arábia Saudita. Ele passou os dois dias recentes em Israel e nos Territórios Palestinos.

A Casa Branca espera que a ambiciosa viagem entre diversos países, que termina em 27 de março, altere o foco de controvérsias internas para políticas externas.

Após seu encontro com o papa, Trump irá conversar brevemente com o presidente Sergio Mattarella e o primeiro-ministro Paolo Gentiloni.

Precauções de segurança foram tomadas em Roma, com áreas ao redor do palácio presidencial, da Cidade do Vaticano, da casa do embaixador norte-americano e da embaixada dos EUA temporariamente fechadas ao tráfego.

(Reportagem de Isla Binnie)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters