Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que espera que o pastor cristão dos Estados Unidos Andrew Brunson fique em segurança em breve, pouco depois de um tribunal turco decidir libertá-lo depois de uma detenção de dois anos.

"Meus pensamentos e orações estão com o pastor Brunson, e esperamos tê-lo em segurança de volta para casa em breve", escreveu Trump no Twitter.

Um tribunal turco aprovou uma sentença de três anos e um mês e meio contra Brunson, que havia sido acusado de crimes de terrorismo, mas disse que não iria mais cumprir a pena porque já estava detido desde outubro de 2016.

(Reportagem de Susan Heavey)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters