Navigation

Trump diz que minimizou coronavírus pois não queria criar pânico, segundo livro de Bob Woodward

08/09/2020 REUTERS/Jonathan Ernst reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. setembro 2020 - 19:18

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu em fevereiro que sabia quão mortal e contagioso era o novo coronavírus, mas o minimizou porque não queria criar pânico, de acordo com gravações de entrevistas feitas para um novo livro.

As gravações, obtidas pela CNN e usadas em um novo livro intitulado "Rage", do jornalista Bob Woodward, vêm à tona semanas antes da eleição presidencial de 3 de novembro e ao mesmo tempo em que os esforços de Trump para combater a Covid-19 têm sido intensamente criticados por terem sido tarde demais.

O presidente republicano, que é atacado pelo oponente democrata, Joe Biden, por causa da resposta lenta do governo dos EUA ao coronavírus, minimizou o vírus por meses enquanto se espalhava rapidamente por todo o país.

"Eu sempre quis minimizar", disse Trump a Woodward em 19 de março, dias depois de declarar emergência nacional. "Ainda pretendo minimizar, porque não quero criar pânico."

De acordo com as entrevistas, relatadas pela CNN e pelo The Washington Post, Trump sabia que o vírus era especialmente mortal no início de fevereiro.

"Vai pelo ar", declarou Trump em uma gravação de entrevista em 7 de fevereiro com Woodward. "Isso é sempre mais difícil do que o toque. Você não tem que tocar nas coisas. Certo? Mas o ar, você apenas respira o ar e é assim que ele passa.”

"E isso é muito complicado. É muito delicado. Também é mais mortal do que uma gripe forte."

Woodward conduziu 18 entrevistas com Trump para o livro, que será lançado em 15 de setembro.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, disse nesta quarta-feira que Trump não enganou intencionalmente os norte-americanos sobre a gravidade da epidemia de coronavírus.

(Reportagem de Doina Chiacu)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.