Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante coletiva de imprensa na Casa Branca, em Washington 07/09/2017 REUTERS/Kevin Lamarque

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que qualquer ação ligada aos imigrantes ilegais levados aos Estados Unidos quando crianças deverá ser ligada à segurança de fronteira, acrescentando que não fez nenhum acordo com líderes democratas do Congresso na noite de quarta-feira.

"Nenhum acordo foi feito ontem à noite sobre o Daca. Enorme segurança de fronteira precisaria ser acordada em troca de consentimento. Estaria sujeito a votação", disse Trump, no Twitter.

Trump se referiu à Ação Deferida para Chegadas Infantis (Daca, na sigla em inglês), um programa estabelecido pelo ex-presidente Barack Obama que protege imigrantes que chegaram aos EUA quando crianças.

(Reportagem de Susan Heavey)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters