Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente Donald Trump rechaçou, no início deste sábado, estimativas de que o muro que deseja construir na fronteira dos EUA com o México custaria mais do que o previsto e afirmou que vai reduzir o preço.

Os comentários de Trump foram feitos através de duas postagens no Twitter, mas não informou como seria feita essa redução do custo.

Na quinta-feira, a Reuters publicou detalhes de um relatório do Departamento de Segurança Interna, que estimava esse valor em 21,6 bilhões de dólares. Durante a campanha, Trump disse que esse valor ficaria em 12 bilhões de dólares.

"Estou lendo que o muro da grande fronteira vai custar mais do que o governo pensou, mas ainda não me envolvi no projeto ou nas negociações", postou Trump de seu resort na Flórida, onde hospeda o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

"Quando eu participar, assim como com os programas dos caças F-35 e do Air Force One, o preço virá abaixo".

(Por Diane Bartz)

Reuters