Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante cerimônia em Arlington, Virgínia 11/09/2017 REUTERS/Kevin Lamarque

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou os esforços para redução a restrição de entrada de cidadãos de seis países de maioria muçulmana, que também limita refugiados, imposta por seu governo, dizendo que a controversa proibição deveria ser ainda mais ampla.

"A restrição de viagens para os Estados Unidos deveria ser muito maior, mais rígida e mais específica, mas estupidamente isso não seria politicamente correto", disse Trump, no Twitter.

A publicação de Trump foi feita antes de uma importante audiência da Suprema Corte no próximo mês sobre a constitucionalidade de seu decreto presidencial sobre a restrição de viagens.

(Reportagem de Susan Heavey)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters