Navigation

Trump diz que suspenderá impostos trabalhistas se não houver acordo sobre ajuda devido à pandemia

Presidente dos EUA, Donald Trump 07/08/2020 REUTERS/Joshua Roberts reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 08. agosto 2020 - 01:36

BEDMINSTER, Nova Jersey (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta sexta-feira agir unilateralmente para suspender os impostos trabalhistas de todos os norte-americanos até o final de 2020 e possivelmente além disso, e também estender os benefícios de desemprego suplementares e outros auxílios concedidos devido à pandemia do novo coronavírus, se nenhum acordo for alcançado com os democratas sobre um novo pacote de gastos.

"Se os democratas continuarem a manter como refém esse alívio crítico, agirei sob minha autoridade como presidente para conseguir aos americanos o alívio de que precisam", disse Trump em entrevista coletiva. Ele acrescentou que uma ordem executiva poderia ser assinada até o fim de semana, sem especificar se ele se referia a este semana ou ao próximo.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.