Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante evento na Casa Branca, em Washington 24/07/2017 REUTERS/Joshua Roberts

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta terça-feira o trabalho em andamento para a assinatura de um acordo comercial entre EUA e Reino Unido após a separação britânica da União Europeia, e criticou duramente o relacionamento comercial do bloco europeu com seu país.

"Trabalhando em um grande acordo comercial com o Reino Unido. Pode ser muito grande e empolgante. A UE é muito protecionista com os EUA. Parem!", escreveu Trump no Twitter, sem dar maiores detalhes.

Não foi possível contactar representantes da Casa Branca e do Departamento de Comércio dos EUA para obter comentários.

No início deste mês, o presidente republicano garantiu uma ação rápida para um acordo comercial entre EUA e Reino Unido, ainda que algumas autoridades britânicas tenham expressado ceticismo.

Trump se reuniu com a primeira-ministra britânica, Theresa May, nos intervalos da cúpula do G20 em Hamburgo no começo deste mês, e descreveu o pacto comercial bilateral como "um acordo muito, muito grande, um acordo muito poderoso, ótimo para os dois países".

Desde sua decisão de se desfiliar da UE, o governo britânico vem exaltando sua capacidade de fechar acordos bilaterais com outros países. Mesmo assim, algumas autoridades e empresas britânicas continuam céticos de que um acordo comercial com os EUA possa compensar a saída da UE.

Trump não mencionou nesta terça-feira as ações específicas que deseja que o bloco suspenda, mas uma série de disputas comerciais a respeito do aço e de outros produtos elevou as tensões.

(Por Susan Heavey)

Reuters