Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressionou nesta segunda-feira parlamentares que debatem propostas de uma reforma tributária no Congresso de maioria republicana a acabarem com o mandato individual do Obamacare e reduzirem a alíquota mais alta do Imposto de Renda para 35 por cento.

Membros da Câmara dos Deputados e do Senado debaterão seus respectivos planos nesta semana antes de irem para casa para o feriado do Dia de Ação de Graças.

    Os republicanos almejam realizar uma reforma considerável do código tributário dos EUA, e com isso conceder a Trump sua primeira grande vitória legislativa. As duas Casas esperam resolver suas diferenças a tempo de aprovar a legislação até o final do ano.

    "Estou orgulhoso da Câmara dos Deputados e do Senado por trabalharem tão duro para cortar impostos (e reform.) Estamos chegando perto!", tuitou Trump.

    Trump vem pressionando para que o projeto de lei da reforma tributária inclua a revogação da exigência de que todos os norte-americanos tenham planos de saúde ou paguem uma multa. Nem a Câmara nem o Senado apresentaram propostas com tal provisão.

    "Agora que tal encerrar o injusto e altamente impopular Mandato Indiv do OCare e reduzir impostos ainda mais? Cortar a alíquota máxima para 35% c/ todo o resto indo para cortes para a renda média?", acrescentou.

    Os planos tributários dos republicanos da Câmara e do Senado custariam cerca de 1,5 trilhão de dólares cada, mas os parlamentares terão que acertar as diferenças, decidindo se eliminam ou não a dedução de impostos estaduais e locais, se adiam a implantação de um corte no imposto corporativo e se anulam um imposto sobre heranças.

A proposta do Senado mantém as sete alíquotas existentes e corta a mais alta para 38,5 por cento, do atual nível de 39,6 por cento. A Câmara quer reduzir o número de alíquotas, mas manter a alíquota de 39,6 por cento.

(Por Doina Chiacu)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters