Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Chanceler Alemã Angela Merkel participa de evento de campanha antes de eleição federal em Sankt Peter-Ording, Alemanha 21/8/2017 REUTERS/Morris Mac Matzen

(reuters_tickers)

BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta quarta-feira que Donald Trump precisa receber o respeito apropriado por ser o presidente dos Estados Unidos, mesmo que ela possa discordar com ele em questões de políticas.

Merkel, em campanha para um quarto mandato no governo antes da eleição nacional do dia 24 de setembro, tem se recusado a ceder à pressão do partido rival, o Social Democrata (SPD), para resistir à demanda de Trump de que membros da Otan aumentem seus gastos com defesa.

Merkel tem enfatizado a força das relações da Alemanha com os Estados Unidos, mesmo quando chama a atenção para diferenças de opinião em políticas.

"Se você pegar o caso do presidente dos Estados Unidos, independentemente das diferenças de opinião que possam existir, eu sei que ele triunfou em uma eleição difícil. Ela não foi reservada para ele em uma bandeja de prata", disse à publicação Handelsblatt, em entrevista".

"No final das contas, ele ganhou a eleição sob a lei eleitoral norte-americana e isso quer dizer que ele foi eleito democraticamente e que essa pessoa deve receber o respeito apropriado, independentemente de como eu avalio suas visões", acrescentou.

(Reportagem de Paul Carrel)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters