Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos EUA, Donald Trump, acena na Casa Branca. 04/05/2017 REUTERS/Carlos Barria

(reuters_tickers)

Por Ossian Shine

LONDRES (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "tem feito tudo" para apoiar a candidatura de Los Angeles para receber a Olimpíada de 2024, inclusive conversar longamente por telefone com o chefe do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse o responsável pela campanha da cidade norte-americana, Casey Wasserman.

Trump, magnata de Nova York e ex-celebridade de reality show que se tornou político, tem sido tudo o que a cidade da Califórnia poderia esperar, disse Wasserman.

"Donald Trump tem feito tudo que poderíamos pedir para apoiar nossa campanha", disse Wasserman, executivo do setor de entretenimento, a um pequeno grupo de repórteres em seu escritório no centro de Londres.

"Cada carta, cada telefonema... ao presidente Bach... em apoio à nossa campanha em geral... no meu papel, no que precisamos do governo federal, ele tem sido tudo que eu poderia esperar", acrescentou.

Wasserman não revelou detalhes da ligação de Trump para Bach, só dizendo que durou um bom tempo.

"Eles não me pediram para participar destes telefonemas", disse, sorrindo. "Foi uma ligação particular entre os dois que durou 25 minutos. Só uma ligação".

A cidade norte-americana está disputando com a capital francesa, Paris, o direito de sediar os Jogos de 2024, embora recentemente o processo tenha se tornado mais incerto devido à criação de um grupo de trabalho do COI para estudar a possibilidade de escolher ao mesmo tempo duas sedes para duas edições do evento.

Paris e Los Angeles são as únicas ainda na disputa, já que várias cidades desistiram do processo, entre elas Boston, Hamburgo, Roma e, mas recentemente, Budapeste.

As duas metrópoles disseram ver os méritos da premiação conjunta para proporcionar um período de estabilidade para a sede dos Jogos, mas nenhuma delas quer esperar até 2028 para ter sua vez.

O COI irá ser reunir em Lima, no Peru, no dia 13 de setembro, para decidir a cidade-sede.

A entidade não disse quando irá anunciar sua decisão sobre a premiação dupla em potencial, mas o grupo de trabalho deve prestar contas ao COI na reunião de seu comitê executivo em Lausanne em julho, alguns dias depois que os concorrentes aos Jogos de 2024 fizerem suas últimas apresentações aos membros do COI antes da votação no Peru.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters