Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Polícia isola local após explosão do lado de fora de um tribunal em Izmir, na Turquia. 05/01/2017 REUTERS/Hakan Akgun

(reuters_tickers)

IZMIR, Turquia (Reuters) - A polícia da Turquia prendeu 18 pessoas por suspeita de ligação com o ataque que matou duas pessoas na cidade de Izmir na quinta-feira, e Ancara não tem dúvida de que militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) foram responsáveis, disse nesta sexta o ministro da Justiça turco, Bekir Bozdag.

O ataque com um carro-bomba e homens armados do lado de fora do principal tribunal da terceira maior cidade turca, localizada na costa oeste do país, reforçou a deterioração da situação de segurança na Turquia, dias após um homem armado ter matado 39 pessoas em uma boate famosa de Istambul na noite do Ano Novo.

(Reportagem de Mehmet Emin Caliskan)

Reuters