Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ANCARA (Reuters) - Autoridades turcas prenderam a editora de um jornal regional após uma coluna escrita por ela, criticando o governo por exagerar a importância da tentativa de golpe do ano passado, disse o jornal.

Yeliz Koray, editora do jornal Kocaeli Koz, na província de Izmit, foi presa em sua casa no sábado, disse o jornal.

“Certos grupos ficaram incomodados pelo artigo e fizeram de Koray um alvo. Eles queriam linchar Koray por sua escrita, que é parte do direito à liberdade de expressão”, disse o jornal em seu site neste domingo.

Em uma coluna intitulada “Eu comerei sua epopeia”, Koray criticou o governo pelo que ela considera uma ênfase exagerada aos eventos de 15 de julho do ano passado, dizendo que era algo menos significativo que a Primeira Guerra Mundial e importantes batalhas da história turca.

Ela disse que o governo não fez o suficiente para expor o que aconteceu naquela noite, quando soldados revoltosos comandaram tanques e aviões, em uma tentativa de depor o presidente turco, Tayyip Erdogan. Cerca de 250 pessoas foram mortas, a maioria civis desarmados.

Ninguém estava disponível para fazer comentários imediatamente no jornal ou no escritório local da promotoria.

(Por Tuvan Gumrukcu)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters