Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, durante coletiva de imprensa, em Atenas, na Grécia 19/06/2017 REUTERS/Costas Baltas

(reuters_tickers)

INSTAMBUL (Reuters) - O primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, disse nesta quinta-feira que o país não se esquivará de dar a resposta mais severa a uma ameaça à segurança nacional em sua fronteira, mas que essa não é sua primeira escolha após o referendo de independência curda desta semana no Iraque.

Falando na província turca de Corum, Yildirim disse que a Turquia, o Irã e o Iraque estão fazendo seu máximo para superar a crise causada pelo referendo com o mínimo de danos.

(Reportagem de Ece Toksabay)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters