Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um membro do Ministério das Emergências caminha no local onde um avião da Malásia caiu, perto de Grabovo, na região de Donetsk, na Ucrânia, nesta quinta-feira. 17/07/2014 REUTERS/Maxim Zmeyev

(reuters_tickers)

KIEV (Reuters) - O chefe de segurança de Estado da Ucrânia acusou duas autoridades militares de inteligência da Rússia de envolvimento no abatimento de um avião de passageiros de uma companhia da Malásia no leste da Ucrânia nesta quinta-feira e disse que eles devem ser punidos pelo "crime".

O chefe da SBU, Valentyn Nalivaychenko, afirmou que sua acusação tem como base interceptações telefônicas de conversas entre os dois oficiais.

"Agora vocês sabem quem cometeu este crime. Vamos fazer de tudo para que os militares russos que cometeram esse crime sejam punidos", disse ele a jornalistas.

(Reportagem de Natalia Zinets)

Reuters