Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

KIEV (Reuters) - A Ucrânia tem "provas irrefutáveis" de que a Rússia teve papel decisivo na derrubada do avião da Malásia, por ter fornecido um sistema de mísseis e equipe aos rebeldes, disse o chefe de contra-inteligência do país neste sábado.

Vitaly Naida disse que Kiev tem evidências de que três sistemas de mísseis guiados por radar BUK-1 ou SA-11 entraram na Ucrânia vindos da vizinha Rússia, junto com uma equipe de três homens.

"Temos provas irrefutáveis de que esse ato terrorista foi cometido com a ajuda da Federação Russa. Sabemos claramente que a equipe desse sistema era composta por cidadãos russos", disse ele em entrevista a jornalistas.

Pedindo para que a Rússia forneça os nomes e sobrenomes dos integrantes da equipe para que Kiev possa interrogá-los, ele disse que os três sistemas já tinham sido recuados de volta para a Rússia, mostrando aos jornalistas fotos dos sistemas de mísseis em vários locais.

"Temos informações sobre essas três pessoas que vieram junto com esses sistemas do território russo", disse.

 

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Tradução Redação Brasília 55 61 34267029

REUTERS LO

Reuters