Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia manifestou grande preocupação nesta quarta-feira, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, dizendo que isso poderia ter repercussões para as perspectivas de paz.

"As aspirações de ambas as partes devem ser realizadas e uma maneira deve ser encontrada através de negociações para resolver o status de Jerusalém como a futura capital de ambos os Estados", afirmou a chefe de Relações Exteriores da UE, Federica Mogherini, em um comunicado.

Trump reverteu décadas de política externa dos EUA ao reconhecer Jerusalém como a capital israelense. Ele disse que Washington começará o processo para transferir sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.

(Reportagem de Julia Fioretti)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters