Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Equipes de emergência trabalham em local de ataque com caminhonete em Manhattan, Nova York 31/10/2017 REUTERS/Andrew Kelly

(reuters_tickers)

TASHKENT (Reuters) - O presidente do Uzbequistão, Shavkat Mirziyoyev, disse ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em uma carta de condolências nesta quarta-feira, que seu país está pronto para usar todos os recursos para ajudar a investigar o ataque letal de terça-feira em Nova York.

O governo uzbeque já havia afirmado mais cedo que está investigando relatos de que um homem uzbeque estaria por trás do ataque que matou oito pessoas e deixou mais de 12 feridos, no que autoridades norte-americanas classificaram como um ato de terrorismo.

(Reportagem de Mukhammadsharif Mamatkulov)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters