Navigation

Vacinação de crianças contra Covid-19 pode não ser recomendada inicialmente, diz CDC

Mulher segura frasco rotulado como de vacina contra Covid-19 em foto de ilustração 10/04/2020 REUTERS/Dado Ruvic reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 14. outubro 2020 - 19:06

(Reuters) - O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) disse nesta quarta-feira que as vacinas contra Covid-19 podem não ser recomendadas inicialmente para crianças quando se tornarem disponíveis.

As crianças, que raramente têm sintomas graves de Covid-19, ainda não foram submetidas a nenhum teste de vacina experimental contra coronavírus. O CDC disse que, até agora, testes clínicos iniciais só incluíram adultos não-gestantes, observando que os grupos recomendados podem mudar no futuro à medida que os testes clínicos se ampliarem para recrutar mais pessoas.

A Pfizer disse que recrutará crianças, que são passíveis de transmitir o vírus a grupos de alto risco, de até 12 anos em seu teste amplo de estágio avançado de vacina contra Covid-19, e a AstraZeneca disse que um subgrupo de pacientes de um teste grande contará com crianças de cinco a 12 anos.

Ainda não existe uma vacina contra Covid-19, mas algumas empresas, como Pfizer e Moderna, estão fazendo testes de estágio avançado de suas vacinas experimentais.

O CDC também disse nesta quarta-feira que, pelo menos a princípio, qualquer vacina contra coronavírus será usada com uma autorização de uso emergencial da Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) e que pode haver um suprimento limitado de vacinas antes do final de 2020.

Em caso de suprimento limitado, pode ser recomendável que alguns grupos recebam a vacina contra Covid-19 primeiro, disse o CDC.

(Por Manas Mishra em Bengaluru)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.