Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MONTEVIDEO (Reuters) - O vice-presidente do Uruguai, Raul Sendic, apresentou seu pedido de renúncia no sábado, em meio a acusações de que ele usou indevidamente recursos públicos quando estava à frente da petroleira estatal Ancap.

Ele fez o anúncio inicialmente em uma reunião especial do partido governista Frente Amplio (FA).

"Eu apresentei ao plenário do FA minha renúncia irrevogável à vice-presidência. Eu também informei o presidente Tabare Vazquez", escreveu ele no Twitter.

O comitê de ética do partido determinou que Sendic usou seus cartões de crédito da Ancap para comprar itens pessoais, incluindo livros e móveis. Ele liderou a petroleira de 2008 a 2009 e de 2010 a 2013.

Não foram feitas acusações criminais contra Sendic.

(Por Malena Castaldi)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters