Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Reuters) - China e Vietnã evitaram neste domingo entrar em atrito sobre o Mar da China Meridional, quando o presidente chinês, Xi Jinping, se reuniu com o secretário-geral vietnamita, Nguyen Phu Trong, horas depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se ofereceu para mediar disputas marítimas.

As relações entre Hanói e Pequim estão particularmente difíceis desde julho, quando a China pressionou o Vietnã para interromper a perfuração em busca de petróleo em uma área disputada no Mar da China Meridional.

A televisão estatal do Vietnã noticiou que o presidente chinês disse ao líder vietnamita que queria trabalhar com nações do Sudeste Asiático em um código de conduta no mar.

Já a agência de notícias chinesa Xinhua informou que a China e o Vietnã concordaram em lidar adequadamente com questões marítimas e se esforçam para manter a paz e a estabilidade.

Os recifes e as ilhas do Mar da China Meridional são disputados por Brunei, Indonésia, Malásia, Filipinas e Taiwan, bem como pela China e pelo Vietnã.

(Por Mi Nguyen)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters