Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Robô combate incêndio em túneis

O incêndio do Gotardo deixou 11 mortos

(Keystone Archive)

Novidade no mercado, um robô austríaco, guiado por controle remoto, combate, melhor que o homem, incêndios como o do São Gotardo, ocorrido recentemente.

O robô, batizado de "Luf 60", seria uma espécie de cruzamento entre um canhão de neve (artificial) e um robô. O robô consegue subir escadas, passar por obstáculos e é equipado com sensores que detectam calor.

Evita riscos

A máquina vai lá onde o homem não pode chegar e se chega é correndo risco de morte. Essa a tônica da publicidade em torno do Luf.

Bruno Walter, um dos donos da empresa que desenvolveu o projeto (Rechner's Giegesysteme) realça que um dos méritos desse robô é justamente permitir que socorristas fiquem longe do perigo. Naturalmente interessado em promover a invenção, ele lembra: "Nos incêndios de túneis a tarefa dos bombeiros é arriscada quando tentam salvar vítimas. Essa máquina tem por objetivo protegê-los".

Ele cita justamente o caso do grave incêndio no São Gotardo, leste suíço, em outubro, que deixou 11 mortos: o Luf 60 poderia ter sido uma ferramenta útil no combate ao fogo.

Testes positivos

"Colocamos 4 carros num túnel, os enchemos com velhos pneus, encharcamos tudo com gasolina e ateamos fogo", revela Bruno Walter. "Quinze minutos depois enviamos o Luf que apagou um incêndio 10 minutos depois, sem problema algum".

A novidade está sendo vendida a vários países, inclusive à Suíça.

swissinfo

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×