Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Roger Federer vira selo na Suíça

O novo selo dos Correios Suíços apresentados durante a semana na Basiléia.

(Keystone)

Agora é oficial: o diretor-geral dos Correios Suíço, Ulrich Gygi, apresentou esta semana o selo especial com a imagem de Roger Federer. O presente foi entregue pessoalmente ao campeão de tênis na prefeitura da Basiléia.

O jogador suíço, originário dessa mesma cidade, se torna a primeira personalidade suíça a virar selo ainda em vida.

Anunciado em 26 de fevereiro, a emissão do selo especial Roger Federer foi mantida secreta até a quarta-feira, 11 de abril. Com o valor figurado de um franco suíço, o selo mostra o tenista suíço segurando o troféu ganho depois da vitória no campeonato de Wimbledon.

Federer se torna dessa forma a primeira personalidade suíça a ser homenageada com um selo próprio ainda em vida.

Homenagem única

Os Correios Suíços explicam, através do comunicado enviado à imprensa helvética, que o selo se justifica pela carreira "excepcional" do atleta. "Ele permaneceu na liderança da classificação internacional por mais de três anos e sem interrupção".

Outra razão está no prestígio de Federer junto à população suíça e seu engajamento social como embaixador da UNICEF. Para os Correios Suíços, o tenista é considerado como um dos suíços mais destacados no exterior.

"É uma grande honra para mim receber esse presente. Eu comparo o gesto à vitória que tive em um grande campeonato como Wimbledon. Esse é um grande momento da minha vida", declarou Roger Federer emocionado à swissinfo.

Imagem positiva

"Figura emblemática, Roger Federer transmite uma imagem positiva da Suíça nos quatro cantos do mundo. Por outro lado, os selos suíços irão também ajudar a disseminar essa imagem no mundo inteiro", explicava o comunicado dos Correios Suíços.

Na quarta-feira, o diretor-geral Ulrich Gygi, entregou a Federer uma ampliação do selo. A partir do início da semana, este está disponível em todas as lojas dos Correios Suíços.

"Até hoje, a tradição dizia que apenas as grandes personalidades já falecidas tinham o direito de se tornar tema de selos. No caso de Federer, nós tivemos de abrir uma exceção", reforça Ulrich Gygi

swissinfo com agências

Fatos

Roger Federer (8 de agosto de 1981, Basiléia) é um tenista suíço que, em 2004, se tornou o Número 1 mundial em tênis e o primeiro homem desde Mats Wilander em 1988 a ganhar três dos quatro torneios do Grand Slam de tênis na mesma temporada (2004), feito que repetiu em 2006. Federer também é o primeiro tenista da história a vencer os torneios de Wimbledon e US Open três anos seguidos. Ao vencer o Master Series de Madri de 2006 ultrapassou Sampras em número de Master Series conquistados, (Federer venceu 12) dando um largo passo para se tornar o melhor do mundo de todos os tempos. Texto: Wikipédia em português

Aqui termina o infobox


Links

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

×