Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Saúde e desemprego lideram preocupações

Preocupações sociais encabeçam a lista

(Keystone)

Em 2001, segundo sondagem realizada pelo banco Crédit Suisse, problemas sociais constituem preocupações básicas da população suíça. A saúde figura em primeiro lugar.

Essa sondagem anual constitui o termômetro das ansiedades da população da Suíça. Publicados na quinta-feira 14/2, os resultados da enquête levam em conta as respostas de mil pessoas, representativas de todo o país.

Desemprego

O desemprego que preocupava menos desde 1998 emergiu novamente, sendo apontado com inquietação principal por 45% da população. (No período anterior não passava de 34%). O receio de ficar sem trabalho não é tão evidente quanto nos anos noventa: em 1995 inquietava 70 por cento das pessoas sondadas.

Saúde

Os prêmios dos seguros de saúde, obrigatório na Suíça, pesam muito no orçamento familiar. E cinco anos depois de entrar em vigor, nova lei melhorou o atendimento, mas não freou os custos, que ao contrário vêm explodindo. Entre os países onde os custos com saúde são mais elevados, a Suíça figura em segundo lugar, depois dos Estados Unidos. Hoje é a preocupação n° 1 para 64% das pessoas interrogadas.

Aposentadoria

Sinal de predomínio das questões sociais nas preocupações suíças, a aposentadoria básica AHV/AVS (seguro de velhice e sobreviventes) figura em terceira posição, antes dos problemas relacionados com o isolamento da Suíça na Europa dos Quinze (União Européia) e dos conflitos resultantes da problemática dos refugiados, numerosos no país.

Terrorismo

O terrorismo que era destacado por apenas 1% da população em 2000, emergiu ao sexto lugar, com 27% das respostas. Como a sondagem foi realizada em outubro, foi muito grande o impacto dos atentados contra o World Trade Center, em Nova York.

Na lista do "top 10" figuram ainda nova pobreza, mundialização, a questão dos estrangeiros (mais de 20% da população), impostos e salários.

Despreocupação ambiental

Outra tendência constatada na sondagem é a quase despreocupação com a ecologia. Em 1988 foi apontada como a mais importante inquietação por 74% das pessoas interrogadas. Em 2000 a sondagem apontava apenas 25% das pessoas muito preocupadas com as questões ambientais. A cifra baixou para 15% no ano passado.

swissinfo com agências.


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×