Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Sabena deve virar suíça

O Grupo SAir - a que pertence Swissair e Balair - eleva de 49,5 a 85 por cento sua participação no capital da empresa aérea belga Sabena. O acordo passa a vigorar no ano que vem. Mas depende da aprovação de acordos bilaterais Suíça-União Européia.

Sabena deverá pertencer ao Grupo SAir dentro de cerca de um ano. O acordo assinado em Bruxelas na quarta-feira passa a funcionar o mais tarde no primeiro semestre de 2001.

Isto vai depender da aprovação pelo povo suíço em 21 de maio, os 7 acordos bilaterais com a União Européia - regulamentando circulação de pessoas, bens e serviços. Mas o SIM parece provável.

Em contrapartida o governo belga adquire 3,3 por cento de SAir, sendo que o governo suíço detém 3,2 por cento do capital do grupo.

Sabena conservará seu nome e sua identidade mas deverá continuar a desenvolver seu projeto "Airline Management Partnership" (parceria de administração aérea).

Com o acordo a Swissair procura fortalecer sua posição na Europa. Além de dispor de 69 por cento do capital da suíça Crossair, controla totalmente na França Air Liberté e tem 49 por cento de Air Littoral e AOM.

Em Portugal detém 34 por cento das ações de TAP Air Portugal e 42 por cento de Portugalia.

Na Itália 45 por cento de Air Europa e 34 por cento de Volare.

Na Alemanha 49,9 por cento de LTU. Na Polônia, 37 por cento da LOT além de 20 por cento de South African Airways e 10 por cento da Austrian Airlines, segundo participações publicadas pelo jornal "Le Temps" de Genebra.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.