Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Safra de 2003 deve ser excelente

Uvas começaram a amadurecer em julho ao invés de agosto.

(Keystone)

Devido o calor e a seca excepionais deste ano, o vinho 2003 tem tudo para ser ótimo, pelo menos nas condições climáticas atuais.

As uvas ficaram maduras bem mais cedo do que de costume e a colheita também será antecipada.

As parreiras gostam de clima quente e seco e foi o que ocorreu este ano. A tal ponto que a maturação das uvas começou em julho, com um mês de antecedência.

As chuvas dos últimos dias são boas mas não deveriam prolongar-se por muito tempo, preocupam-se os viticultores, que aguardam uma safra de qualidade excepcional.

Vindimas em pleno verão

No Cantão do Valais, principal produtor suíço de vinhos, as colheitas devem começam já no final de agosto.

Em Genebra, a colheita também começarão com três ou quatro semanas de antecedência, anuncia Alain Emery, enólogo da estação cantão de viticultura e enologia.

Para algumas variedades mais precoces de uvas, a colheita começar até antes. Em Genebra, justamente, um viticultor de região de Peissy começou a colher na semana passada.

No Cantão de Vaud, outro grande produtor, as vindimas são previstas com duas ou três semanas de antecedência, segundo o enólogo cantonal Denis Jotterand, depois de realizar análise de amostras.

Em Neuchâtel, as colheitas devem começar em meados de setembro, com três semanas de antecedência, se a meteorologia for favorável.

Em Zurique, as variedades mais precoces deverão ser colhidas a partir do final de agosto.

Nas margens do lago de Bienne, no Cantão de Berna, e no Cantão dos Grisões, leste da Suíça, a colheita deve começar em meados de setembro. Certas variedades tardias serão colhidas só no final de outubro.

Seca benéfica

A seca afetou a quantidade mas não a qualidade da uva. "Estão proximos de uma safra excepcional, onde a vinha resistiu bem", afirma Denis Jotterand.

Este ano não pode ser comparado a nenhum outro, quanto à viticultura, pois a vinha suportou bem a seca, pois a maioria das culturas não é irrigada.

A chuva dos últimos dias é favorável mas, se chover muito, os bagos podem apodrecer antes da colheita. Mas até aí o ano foi excepcional pois a pele dos bagos está mais grossa e será mais difícil de apodrecer.

Os preparativos para a colheita já começaram. A mão-de-obra para a colheita, excencialmente estrangeira, já está sendo contactada pelos viticultores.

swissinfo com agências


Links

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

×